Popularização do conhecimento sobre solos em três comunidades de Vitória de Santo Antão – PE

Hewellyn Kamylla Silva, Maria Gabriella Pereira Santos, Isabel Correia da Silva, Hemmannuella Costa Santos

Resumo


A transmissão de conhecimentos básicos das características físicas, químicas e biológicas dos diferentes solos conhecidos e explorados pela agricultura brasileira, é fundamental para o manuseio adequado visando sua exploração de forma a minimizar perdas consideráveis e buscar a sustentabilidade desse recurso. O objetivo deste trabalho é alcançar diferentes comunidades e trabalhar individualmente a necessidade realística de cada uma sobre a melhor forma de manejar o solo, agregando conhecimentos empíricos dos diversos atores sociais. Ao longo do projeto, foram desenvolvidos métodos visando a estruturação do conhecimento, por meio de compartilhamento de informações teóricas e práticas. Com o levantamento do conhecimento sobre solos nas comunidades, observou-se que mais da metade dos temas abordados foram de compreensão dos entrevistados. No entanto, a educação sobre esse recurso natural ainda é uma responsabilidade social a ser propagada.

Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, A., MASCARENHAS, C., OLIVEIRA, E. Ferramentas de disseminação do conhecimento em uma instituição de C,T&I de defesa nacional. Revista de Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação. Vol. 3, No. 2, p. 77-92, 2006.

CONDEPE/FIDEM (Agencia Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco). Secretaria de Planejamento e Gestão. PIB Municipal de Pernambuco 2008. Recife, 2010.

CPRM - Serviço Geológico do Brasil. Projeto cadastro de fontes de abastecimento por água subterrânea. Diagnóstico do município de Vitória de Santo Antônio, estado de Pernambuco. Mascarenhas, J.C.; Beltrão, B.A.; Souza Junior, L.C.; Galvão, M.J.T.G.; Pereira, S.N.; Miranda, J.L.F. Recife: CPRM/PRODEEM, 2005. 22p. il.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Levantamento de reconhecimento de baixa e média intensidade dos solos do Estado de Pernambuco/José Coelho de Araújo Filho.... [et al.]: Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2000. (Boletim de Pesquisa, 11). 378p.

FAO.The state of food and agriculture leveraging food systems for inclusive rural transformation.Rome, 2017.180p.

JESUS, O. S. F.; MENDONÇA, T.; ARAÚJO, I. C. L.; CANTELLI, K. B.; LIMA, M. R. O vídeo didático "Conhecendo o solo" e a contribuição desse recurso audiovisual no processo de aprendizagem no ensino fundamental. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.37, p.548-553, 2013.

PROCHNOW, L. I.; LOZANI, M. C. B. & KIEHL, J. C. Aplicação da teoria do construtivismo no ensino de fertilidade do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.22, p.539-545, 1998

ROSA, S.F.; REINERT, D.J.; REICHERT, J.M.; FLEIG, F.D.; RODRIGUES, M.F.; GELAIN, N.S. Propriedades físicas e químicas de um Argissolosob cultivo de EucalyptusdunniiMaiden no pampa gaúcho. Ciência Florestal, v.28, n.2, p. 580-590, 2018.

de SOUSA, C. B. C. Solos e sociedade: Popularização do conhecimento para omanejo adequado do solo. 2017. 59p. Monografia em: Tecnologia em Agroecologia - Universidade Federaldo Recôncavo da Bahia – UFB, Bahia, 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Caravana

IFPE - Instituto Federal de Pernambuco