PERFIL DE EGRESSOS DO IFPE (CAMPUS RECIFE) E SUA INSERÇÃO NO MERCADO DE TRABALHO

Jessiklécia Josinalva de Siqueira, Francisco Braga da Paz Júnior, Arnaldo Fernando Lopes Maçaira, Eliana Santos Lyra da Paz

Resumo


O presente trabalho teve como propósito analisar o perfil pessoal e profissional de egressos do IFPE - Campus Recife no ambiente de trabalho e a importância da participação geral desses trabalhadores no desenvolvimento das empresas, a partir da percepção das suas chefias imediatas, tendo como referência a sua formação profissional. Para isso, foi utilizado inicialmente um levantamento bibliográfico para auxiliar na análise dos dados obtidos através da pesquisa em campo que consistiu em entrevistas com egressos e com as empresas que os mesmos estão inseridos. A pesquisa, com característica quantitativa, possui dois aspectos básicos para a investigação: o Indicador de Desempenho Pessoal do Egresso (IDPE) e o Indicador de Desempenho Profissional do Egresso (IDPR), a fim de elucidar algumas questões relacionadas à inserção dos jovens no mercado de trabalho e suas percepções sobre. Os resultados foram positivos em sua maioria, embora alguns apontamentos possam ser feitos com o objetivo de estimular mais estudos correlacionados e subsidiar possíveis melhorias para os pontos que não foram tão bons quanto os demais.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M.B. de. et al. Identificação e Avaliação de Aglomerações Produtivas: uma proposta metodológica para o nordeste. Recife: IPSA/PIMES, 2003.

BERGAMINI, C. W.; BERALDO, D. G.R. Avaliação de Desempenho Humano na Empresa. 4ª edição. São Paulo: Atlas, 2007.

CASTRO, C. de M. Formação Profissional na Virada do Século. Belo Horizonte: FIEMG, 2003.

Centro Federal de Educação Tecnológica de Pernambuco – CEFET/PE. Missão da Instituição. Disponível na Internet URL. Disponível em: < http://cefetpe.br>. Acesso em: 3 de Nov. 2006.

CIAVATTA, M. A Formação Integrada, a Escola e o Trabalho como Lugares de Memória e de Identidade. São Paulo: Cortez, v. 3, n. 3, p. 83-105. 2005.

COSTA, M. A. F; COSTA, M. F. B. Metodologia de Pesquisa: conceito e técnicas. Rio de Janeiro: Interciência, 2001.

GATES, B. A estrada do futuro. São Paulo: Companhia das letras, 1995.

GUIMARÃES, N. A. Por uma Sociologia do Desemprego. São Paulo: Revista Brasileira de Ciências Sociais, vol. 17, n. 50. 2002.

MACHADO, A. de S. Acompanhamento de Egressos: CEFET/PR – Unidade Curitiba. Florianópolis, abril de 2001. Dissertação de Mestrado. CEFET/PR.

MELO, G..N. Educação Escolar Brasileira. O que trouxemos do século XX? Porto Alegre: Artmed Editora S.A., 2004.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA – UNESCO. Dados da Educação Brasileira 2006 e Plano Nacional de Educação. Disponível na Internet URL. Disponível em: . Acesso em: 14 de Abril, 2006.

PEREIRA, D. J. de S. Rendimento do Trabalho nas Regiões Nordeste e Sudeste do Brasil. São Paulo, março de 2001. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo.

REIS, G.G. Avaliação 360 graus: um instrumento de desenvolvimento gerencial. 2ª edição. São Paulo: Atlas, 2003.

REIS, M.C; CAMARGO, J.M. Desemprego dos jovens no Brasil: os efeitos da estabilização da inflação em um mercado de trabalho com escassez de informação. Rio de Janeiro: IPEA, 2005.

SEBRAE. Estudo MPE nº 1, julho/03 – Unidade de Estratégias e Diretrizes. Recife, 2006.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - SETEC. Histórico, Missão, Políticas e Dados da EPT. Disponível na Internet URL. Disponível em: . Acesso em: 05 de Dezembro, 2006.

TERRER, C. e T. Diagnóstico Organizacional do CEFET/PE. Minuta e Anexos. Recife, 2005.

VELOSO, J.P.R.; ALBUQUERQUE, R.C.; SOUZA, P.R.; et al. Um modelo para a educação no século XXI. Rio de Janeiro: José Olímpio,1999.

VIEIRA, C.A.S; ALVEZ, E.L.G. Qualificação Profissional: uma proposta de política pública. Rio de Janeiro: IPEA, 1995.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Caravana

IFPE - Instituto Federal de Pernambuco